terça-feira, 30 de junho de 2009

Ao toque da alvorada.

Com uma taça de vinho na mão, soltava sorrisos, dos mais belos. Queria companhia e assim a tivera. Passara a noite comentando sobre a lua, a como ela estava formosa. Assim como a troca de palavras que lhe elevava os pensamentos. Bom dia, assim que fora acordada. O sol então adentrou teu quarto ofuscando teus olhos e mostrando que um novo dia estava por vim, apenas esperava que fosse tão agradável quanto à noite anterior. Ficara a pensar se teria outros dias, outras noites com proporções tão harmônicas. Restava apenas a espera.

19 comentários:

Pati disse...

Oi Izabela, vim retribuir sua visita no meu blog! Que lindo texto!
bjs

Lucas Lima disse...

gosto da tua escrita bacana, gosto de textos "meio coloquiais" rsrs eles se colocam melhor em nossos pensamentos, rsrs
Bons dias

Letícia Nery disse...

Oii querida :) Em primeiro lugar, mt obrigada pelo seu comentário. Cada letra dos comentários que me deixam são fundamentais, especiais para mim, guardo todos eles com muito carinho e o seu com certeza está guardado. Fico mais feliz ainda, que tenha sentido vontade de ler os capítulos anteriores :))
Menina, você escreve muito bem!! Belo texto, adorei!!! Parabéns! Acostume-se comigo, estarei sempre por aqui :))))
Beijos.

paulo disse...

... e há de se repetir, mas de maneira diferente... o gostar sempre presente e a expectativa de acordar sorrisos no dia seguinte.

^^

beijos meus

Giane Monteiro, prazer disse...

woin, meu que lindo é isso aqui
sou encantada por ti e tuas palavras!
ily

Poeta de um mundo caduco... disse...

Que lindo!!!
Adorei a descição das cenas, do cenário...

Bjinhos.

Aline Romero disse...

Blog bacana, flor!
Texto lindo... Sorte pra espera, torço daqui! =*

Sus-pensa disse...

Esperar, por vezes, é a melhor parte da coisa, antes da coisa..rs

Diz Caio Fernando Abreu, que há esperas que, de tanto esperar, viram certezas...

beijo!

- Um capítulo a mais. disse...

Talvez a espera, seja a melhor solução! Para que a pressa?!

Te amo minha irmã <33

Larissa Cruz disse...

Gostei deste Lugar!
...

Priscila Rôde disse...

Obrigada pela visita querida! =)

Felipe Braga disse...

Oh, que belo!
Texto gostoso de ser lido, gostei muito do teu blog.
Parabéns.

Desi disse...

um pedacinho do céu :)

bjs ;*

Cαmilα ♥ disse...

Esperar as vezes dói, as vezes refresca.
Lua e Sol trazem sensaçoes tao diferentes apesar da linha de divesao ser muito fina.

Um beijO meu

Maria disse...

Além da espera, pode proporcionar tais noites e dias.

Meu beijo

lua primavera disse...

Esperar, tem que ser paciente para isso , mas depois se tem uma recompensa.
*:

Michele Hubner disse...

e a espera que é mais chato .

Letícia Santos disse...

Quando os dias são bons, fica até meio difícil dormir.

A gente fica virando e revirando na cama, só pra ver se ele dura mais um pouquinho

Beijo!

Erica Maria disse...

Oi, que blog lindo!!

Vim agradecer a visita e dizer que estou te linkando lá tá?

Voltarei sempre!

Bjos!