quarta-feira, 17 de junho de 2009

Encontros.

Num olhar tímido, ela saberia que estava rodeada de encantos. Assim com um encontro esperando com sentimentos, estes, inesperados. E assim o tecia, sem impurezas. Sofrera alterações com o tempo, mas daquelas que lhe faziam soltar um sorriso a cada vez que ele era tocado. Algumas palavras pra lhe fazer tomar uma imensidão inimaginável. Queria tê-lo, e por alguns instantes lhe pôs a pensar como aquilo lhe fazia bem.

12 comentários:

- Um capítulo a mais. disse...

Não podemos hesitar.

Natália disse...

e o que faz bem a gente abraça :)

que ecanto o seu blog!
já te aceitei no Last.

Marina Melow - Papo Contemporâneo disse...

Obrigada pela visita Izabela, volte sempre!
Também deve ter visto na minha listinha que pretendo ler a Cidade do Sol também, do Khaled Hosseini, mesmo autor de O caçador de pipas, que inclusive eu li e amei!


Beijos, volte sempre :*

Maria disse...

Se faz tanto bem, minha torcida é para que ela o tenha, cheia de encantos. Meu beijo

Thiago Kuerques disse...

Acompanho o primeiro cometario: nao podemos hesitar! Afinal, é algum crime o simples querer?
Beijos

Michele Hubner disse...

tao rodeada de encantos, só poderia se sentir bem..

[x] disse...

o tempo altera, não apaga.

Dri~ disse...

encontros, tempo e sentimento.... calmo suave e constantes pensamentos...


Otimo Texto moça!
Abraço!

Michele Hubner disse...

vim aqui te dar um bjo

Priscila Rôde disse...

Muito bom o que escreveu izabela! Beijos

Luan disse...

Ao nosso encontro.
tim-tim ♥

Wagner Marques disse...

nestas pequenas palavras cabem tantas coisas!