quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Inconstância.

O apego gerando a falta, consequentemente, a falta desmantelando. Coração se tornando quebradiço como ossos feitos de vidro. A menina têm escondido sentimentos distintos atrás de sorrisos diversos.

2 comentários:

Anônimo disse...

o arroz, oh o arroz tao branco

Bruno Luiz Mattos (@Brunluizz) disse...

Nome do meu livro é "No encontro de uma Constante".

As vezes nos apegamos a alguem, a alguma coisa achando que irá nos tornar forte, mas acabamos ficando fracos. Fraco suficiente para que qualquer sorriso fora os ensaiados faz um estrago total.